sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Kindle Paperwhite - Resenha + Allegiant - Resenha (Último da trilogia de Divergente/ com spoiler para quem não leu os 2 primeiros) + Outras Coisas

Esse título gigante é de desanimar qualquer um, não? Mas não é como se a postagem fosse pequena de qualquer forma. E antes que eu comece a falar de um bando de coisas que provavelmente você nem vai ler até o final, eu gostaria de perguntar como anda a sua vida, leitor. Porque a minha anda uma maravilha e muito corrida.
Enfim, vamos ao que interessa. O Kindle Paperwhite. Você provavelmente já ouviu falar dele, é muito famoso lá pela Europa da vida, mas se você pensa que é só coisa de gente rica, assim como meus amigos, eu gostaria de dizer que não é. E antes que você se pergunte, eu não estou ganhando nada da Amazon por isso, sim, eu também acho que deveria.
 O Kindle Paperwhite é essa coisa bonitinha aí em cima. Sim, eu sei que o livro que está aí é O Circo da Noite. Muitos de vocês mortais comuns pensam que o Kindle não é um bom negócio, mas se baixar livros antes de todos, alguns de graça, preço pela metade, carregar mais de 1.100 no seu bolso e ainda uma tela que brilha no escuro sem cansar as suas vistas e que parece papel de verdade não é um bom negócio, então meu caro, eu não sei o que bom negócio é.
No início da humanidade eu não também não gostava do Kindle. Eu era a defensora dos livros de papel e dos seus cheiros, sensações e sentimentos. Sentia que eles nunca poderiam ser substituídos, até que eu esgotei os livros traduzidos e tive que recorrer aos PDFs.
Ainda amo os livros de papel e continuarei a compra-los. Mas eu acho que vale a pena comprar um Kindle para todas as ocasiões. Como ler a noite sem seus pais perceberem e ter uma vista perfeita no dia seguinte. Como ler na aula e seus professores não perceberem e sair sem uma ocorrência no fim do dia. Como a bateria que dura 8 horas e livros que até pessoas falidas podem comprar.
De qualquer forma é aqui que eu fecho a minha opinião sobre o Kindle. Eu gosto e falarei mais sobre ele se quiserem saber, é só perguntar nos comentários. Agora vamos para o primeiro livro que eu li nele, Allegiant. Que saiu outro dia mesmo.


Livro: Allegiant (Convergente no Brasil e será publicado pela Rocco ano que vem)
Autora: Veronica Roth
Língua: Inglês (Por enquanto)
Série: #3 de Divergente (E o último)

E QUE COMECE OS SPOILERS!

Bem, Allegiant começa de onde Insurgente parou, não, eu não vou adotar Convergente, sim eu acho um nome feio. Edith Prior acabou de fazer um BUM! com nossas pobres cabecinhas cheias de imaginação capaz de captar qualquer sinal de OTPs e cenas picantes ou cenas como essa.
Eu passei um bom tempo da minha existência imaginando o que ia acontecer depois, e a resposta é: Esse livro.
Tobias Eaton, mais conhecido como o OTP da Tris, é quem divide o palco com ela na narração desse livro, alguma outra pessoa captou que a Veronica está tentando dar uma de Rick Riordan ou o George Martin? O que é bem diferente, já que a presença masculina de um cara que pensa como uma menina é bem... digamos... deixa no diferente mesmo.
Resumozinho rápido do livro: Eles veem o que está do outro lado da cerca, tretas acontecem, PESSOAS SUPER LEGAIS QUE EU AMO MORREM! ~ok, só uma que eu amo morre, e estou chorando até agora~ E o final NÃO IMPORTA POR QUE NADA MAIS IMPORTA E FODA-SE ESSA VIDA!
Enfim, esse livro foi bom sim, ok? Ok. Mas pegue ele se preparando para bombas, EMBORA NADA IRÁ TE PREPARAR PARA ISSO! Hum... Só um minutinho. *Pega minha parte indignada do cérebro e amordaça ela* De qualquer forma, se você gostou da série não pode perder esse livro e tente não pegar spoilers no meio do caminho, porque alguns deles podem ser verdade. Essa mensagem não vale para os meus amigos, que vão receber spoiler querendo ou não (:
Bem, para os que sabem inglês: BOA LEITURA e decepções
E para os que vão esperar o lançamento no Brasil: BOA ESPERA e indignações

E PARA TERMINAR! Um vídeo que eu fiz sozinha e a Marina fazia parte do meu grupo, embora ela tenha sido completamente inútil, mas não importa já que ela não vai ler isso.


Então eu acho que é isso sociedade. Eu estou estudando pra caramba, que é sinônimo de nada, mas fazendo um bando de provas, e minha agenda fica cada vez mais cheia, mas nunca cheia de mais para os meus livros.
Tenham um bom dia ~já que dia pode ser para qualquer hora~

Bjsssss,
Carol

Um comentário:

  1. Ai ai...kkk Carol eu adoro o jeito que você escreve! E ve se não some na escola ta! kk

    ResponderExcluir